top of page
  • Narciso B. de Souza Jr

Síndrome do Túnel do Carpo – STC

A síndrome do túnel do carpo (STC) afeta uma grande parcela da população e decorre em sua maioria de fatores ligados ao esforço repetitivo. Contudo, doenças como diabetes, artrite reumatoide, hipotireoidismo, obesidade, e até mesmo gravidez (através de alterações hormonais), podem desencadear o quadro de STC.





A STC é de natureza compressiva e atinge os nervos periféricos. Quando ocorre o espessamento do ligamento anular, que forma o túnel do carpo (entre o punho e a mão), estruturas que passam por este túnel, incluindo o nervo mediano, são comprimidas. O indivíduo irá relatar sintomas de dor, formigamento, fraqueza da mão e fraqueza em segurar objetos. Durante a noite o quadro de dor e formigamento podem intensificar, alterando a qualidade do sono.

O processo de compressão irá gerar um quadro inflamatório e consequentemente dor, podendo ser localizada ou irradiada. Nos quadros mais graves pode ser indicado intervenção cirúrgica, porém na grande maioria o tratamento fisioterapêutico é eficaz.


As técnicas fisioterápicas incluem Eletrotermofototerapia através de Laser, Ultrassom (US), Estimulação nervosa elétrica transcutânea (TENS) e Ondas curtas (OC) que auxiliam na diminuição do edema, redução do processo inflamatório e alívio da dor. Sucede-se ao tratamento a Cinesioterapia com alongamentos que melhoram a circulação, aliviam as tensões e compressões e proporcionam o fortalecimento dos punhos, das mãos e dos dedos através de exercícios ativos-resistidos para extensão, flexão, desvio radial e ulnar, preensão e melhora da oponência do polegar.


O melhor tratamento é a prevenção! Procure um profissional da saúde e exercite-se.


Fisioterapeuta Narciso B. de Souza Jr. CREFITO: 10/316644-F 


REFERÊNCIAS:

 - Reabilitação na Síndrome do Túnel do Carpo - http://files.bvs.br/upload/S/0103-5355/2009/v28n4/a2354.pdf


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page